Janela nem abriu e São Paulo já tem 3 “reforços” chegando

O São Paulo foi bem na última janela de transferências e contratou alguns nomes importantes, como Luiz Gustavo, Ferreira, Bobadilla e André Silva. O objetivo do Tricolor está claro: conquistar a Libertadores da América pela quarta vez, se tornando o único time brasileiro a atingir tal feito.

Apesar da janela de transferências estar próxima de se abrir novamente (julho), a diretoria não planeja gastar tanto dinheiro. O grande objetivo do clube é aproveitar as chamadas oportunidades de mercado, ou seja, assinar a custo zero com atletas em fim de contrato. 

Além disso, o técnico Luis Zubeldía receberá mais três “reforços” que não estão no elenco atual. Isso porque o lateral direito Luis Orejuela, o volante Jhegson Mendes e o meia Igor Liziero estavam emprestados e devem retornar ao Tricolor em breve.

O defensor foi contratado em 2021 e jamais deslanchou no São Paulo. Acumulou empréstimos, sendo o último ao Independiente Medellín, da Colômbia. Ele retornará do período emprestado e deve ser avaliado pela comissão técnica. Desta forma, o SPFC tomará a decisão em emprestá-lo novamente, vendê-lo em definitivo ou integrá-lo ao grupo. Seu contrato vai até março de 2025.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Jhegson Méndez desembarcou na capital paulista no começo de 2023 sob grandes expectativas, já que havia sido titular do Equador na Copa do Mundo do Catar. Foi titular com Rogério Ceni mas perdeu o espaço com Dorival Júnior, e acabou sendo emprestado ao Elche, da segunda divisão da Espanha. 

Também não foi bem na Europa e retornará ao SPFC. Pode tanto ser negociado quanto aproveitado por Zubeldía, já que Pablo Maia, titular absoluto, acabou se machucando e só volta no segundo semestre. O equatoriano tem contrato até o final de 2025.

Por fim, o empréstimo de Liziero acabou com o Yverdon, da Suíça. O clube europeu não teve a opção de compra do atleta, avaliada em pouco mais de R$ 18 milhões. Assim como os outros dois, ele será avaliado pela comissão técnica de Zubeldia para decidir se seu futuro será dentro ou fora do Morumbi.