Jandrei aceitou o desafio de vestir a camisa do Santos

Gol continua sendo posição criticada no clube. (Foto: Marcelo Zambrana/AGIF/Gazeta Press)

Cria das divisões de base do Internacional e com passagens por Novo Hamburgo, Atlético Tubarão, Chapecoense, Genoa-ITA e Athletico-PR, o goleiro Jandrei tornou-se nome conhecido dentro do futebol paulista à partir de 2021. Em agosto daquele ano, o Santos apostou em sua contratação para a reserva de João Paulo.

Topando o desafio, Jandrei foi um mero coadjuvante em sua passagem pela Vila Belmiro. Em pouco mais de quatro meses, o jogador atuou por somente uma oportunidade ao ser titular no empate por 0 a 0 com o Sport Recife pelo Brasileirão. Sem espaço no Peixe, ele acabaria deixando o clube rumo ao São Paulo.

Com o aval de Rogério Ceni, então técnico da equipe, o Tricolor apostou em Jandrei para se tornar uma espécie de “sombra” para o então titular Tiago Volpi. E a aposta deu certo, com o camisa 93 se tornando titular já nos primeiros meses de 2022. O segundo semestre, no entanto, reservou uma lesão e um retorno conturbado.

Desde então, Jandrei jamais conseguiu uma sequência de partidas. Algo que ele voltou a encontrar somente nas últimas semanas, com a convocação de Rafael para a disputa da Copa América com a Seleção Brasileiro. Mesmo criticado, o goleiro permanece como titular e já chegou ao seu 11º jogo no ano pelo São Paulo.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.