James Rodríguez vai ser titular contra o Corinthians?

Nesta quarta-feira (16), o São Paulo recebe o Corinthians, às 19h30, no Morumbi, pela partida de volta das semifinais da Copa do Brasil. Para o Tricolor, o duelo é um dos mais importantes dos últimos anos.

Depois de perder por 2 a 1 na ida, na Neo Química Arena, a equipe comandada pelo técnico Dorival Júnior terá a missão de tirar a vantagem do rival e avançar à decisão. Para isso, a missão não será fácil, uma vez que o time de Vanderlei Luxemburgo deve entrar no Morumbi com uma defesa sólida visando segurar o resultado construído em Itaquera.

Diante disso, Dorival deverá escalar um São Paulo muito ofensivo, piscando quebrar a barreira corinthiana e buscar o resultado por dois gols de diferença, que garante o Tricolor na final. Caso triunfe por um tento de diferença, o classificado será definido através de uma disputa de pênaltis. Se perder ou empatar, estará eliminado.

Uma das alternativas mais perigosas é o meia James Rodríguez, colombiano de 32 anos que fez a sua estreia no último domingo (13), diante do Flamengo, no Maracanã. Entrou no segundo tempo e atuou por mais de 30 minutos, mostrando que, mesmo longe da condição física ideal, gera muito perigo no terço final do campo.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Expectativa da torcida pelo impacto de James contra o maior rival

A torcida são-paulina vive a expectativa do craque jogar contra o maior rival e fazer a diferença. Em meio a isso, surgiram informações sobre uma possível titularidade de James nesta quarta.

De acordo com divulgação do jornalista André Hernan, James Rodríguez não deve ser titular contra o Corinthians. Vale lembrar que ele não joga desde abril, quando defendia o Olympiacos, da Grécia.

“A tendência é começar no banco de reservas. Até porque ele vem cumprindo um cronograma de treinamentos e passando por fases na questão física. A comissão técnica e preparação física deu uma resposta satisfatória sobre seu desempenho dentro do que era esperado”, comentou o jornalista.

Contudo, Hernan não descarta a possibilidade de uma surpresa por parte de Dorival Júnior na escalação oficial.

“Eu estou falando de tendência. Claro que o Dorival pode bater o martelo nesses trabalhos que vão acontecer. Tudo vai depender da conversa e do trabalho que vai ser feito, mas estou trazendo o que conversei ontem e hoje pela manhã. Tendência mesmo é começar no banco de reservas”, concluiu.