James Rodríguez pega todos de surpresa e vai vestir outra camisa

Depois de um começo difícil no São Paulo, o meio-campista James Rodríguez está disposto a dar a volta por cima. O colombiano, por sinal, quer espantar a má fase e fazer jus às expectativas criadas pelos torcedores são-paulinos.

Para isso, o atleta optou por respirar novos ares e trocar seu número no uniforme. Agora, ele abandonará a camisa 19 para vestir a 55, número inusitado para um jogador profissional de seu calibre.

A explicação se dá pela soma dos algarismos, que resulta em 10 (5+5=10), seu número favorito. A numeração pertence a Lucano atualmente, e o jogador dificilmente abrirá mão, já que defende as cores do Tricolor desde 2020 e é um dos ídolos da torcida. Contudo, James jamais pediu para pegar a camisa 10, mostrando sinais de respeito a Luciano. 

Hoje, o colombiano está realizando trabalhos de controle de carga visando atingir os 100% no âmbito físico, para finalmente fazer sua estreia na temporada. De acordo com informações divulgadas pelo portal Terra, ele será relacionado a partir da terceira rodada do Campeonato Paulista.

James Rodríguez irá jogar com Thiago Carpini?

Os são-paulinos estão na dúvida se James deve ou não jogar sob o novo comando de Thiago Carpini, que foi escolhido para substituir Dorival Júnior. Ao que tudo indica, sim, ele deve fazer parte do ‘time ideal’ do treinador de 39 anos, e só não está jogando por conta da questão física. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Carpini conta com o atleta a disposição e deve fazer de tudo para que ele se torne uma peça importante no Tricolor, que irá disputar a Libertadores da América neste ano em busca do tetracampeonato.

“O James tem uma função mais específica, os outros temos mais alternativas, um leque de funções. O Lucas faz mais de uma função. O Luciano faz mais de uma função, o Rato… O Ferreira mais no pé contrário. E o James talvez seja mais o meia, meia. O 10 centralizado, que tenhamos de adaptar para fluir o que ele tem de melhor. Que a gente possa ter um entendimento em cima do adversário, em cima de cada competição, principalmente em cima de um objetivo maio”, disse Carpini, ainda na coletiva de apresentação.