James Rodríguez ganha possível data para deixar o São Paulo

Contratado sobre grandes expectativas da torcida, James Rodríguez até agora não demonstrou todo seu potencial no São Paulo. O colombiano, que acumula passagens pelo Real Madrid, Bayern de Munique e Porto, não conseguiu render até o momento, seja sob o comando de Dorival Júnior ou Thiago Carpini.

O atleta de fato quer mais minutos dentro de campo, mas ele sequer está inscrito no Campeonato Paulista e nem estreou na temporada. O Tricolor sabe da insatisfação do jogador, e trabalha para solucioná-la.

De acordo com informações divulgadas pelo jornalista Alexsander Vieira, do Bola Vip Brasil, a diretoria do SPFC debate sobre o meia internamente e com seus empresários. Apesar do momento atual, James deve ficar no Morumbis até o meio do ano, pelo menos.

A cúpula tricolor ainda acredita que o meia pode dar a volta por cima, ainda mais sob o comando de Thiago Carpini, que ao que tudo indica, quer utilizar o jogador como um meia-atacante.

“São Paulo ainda debater a situação de James Rodriguez com seus empresários, mas a tendência é de permanência pelo menos até o meio do ano. Mercados principais estão fechados e a diretoria quer muito que “dê certo”, mas vão conversar com estafe“, escreveu Alexsander Vieira no X  (antigo Twitter).

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Recentemente, James chegou a ser sondado pelo Besiktas, da Turquia, e havia uma expectativa do clube enviar uma proposta oficial ao São Paulo, que seria analisada. Isso acabou não se concretizando.

Casares falou sobre a recusa de James em viajar para Belo Horizonte

Ao contrário de Lucas, Nestor, Luan e Igor Vinícius, que não iriam a campo mas foram para a capital mineira, James Rodríguez se recusou a viajar com o grupo para a Supercopa do Brasil. Ao saber que não seria relacionado por Carpini, ele pediu dispensa.

O presidente Julio Casares foi questionado sobre a situação, e fez questão de dizer que foi uma “opção” do colombiano. Todavia, ele reforçou que o próprio jogador ligou paa os companheiros após o título.

“É uma opção. Todos vieram, ele não veio. Mas ele estava torcendo, ele ligou para o pessoal, estava torcendo muito e tenho certeza que amanhã estará treinando com a gente“, comentou Julio Casares.