Investigação é concluída na Espanha e Daniel Alves pula de alegria após ser liberado

Prestes a completar seis meses de prisão após ser acusado de agressão sexual por uma jovem de 23 anos na cidade de Barcelona, na Espanha, o lateral-direito Daniel Alves tem poucos motivos de comemoração em 2023. Porém, uma notícia vinda do Ministério da Fazenda da Espanha tratou de colocar um sorriso no rosto do ex-São Paulo.

No início deste mês, Daniel Alves teve seu nome retirado da lista de devedores do órgão. Além dele, ex-jogadores como Gabriel Milito e Samuel Eto’o, companheiros do brasileiro em seus tempos de Barcelona, também não devem mais ao “Leão” espanhol. Em 2021, quando ainda defendia o Tricolor, o lateral tinha dívida estimada em R$ 12 milhões.

A prática de divulgar dívidas acima dos 600 mil de euros (R$ 3,1 milhões) é habitual no país europeu. A curiosa “tática” tem como objetivo gerar uma pressão social sobre pessoas famosas para o pagamento dos valores. Grandes ídolos do futebol como Neymar, Cristiano Ronaldo e até mesmo Carlo Ancelotti, próximo técnico da Seleção, sofreram com impostos.

Até mesmo a cantora Shakira, ex-esposa de Gerard Piqué, não escapou do fisco. Segundo a receita federal, a colombiana fraudou R$ 97 milhões em impostos na Espanha. A grande dívida virou até tema da música “Bzrp Music Sessions, Vol. 53”, grande sucesso da cantora “dedicada” ao fim de seu casamento com o ídolo do Barcelona.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.