Internacional fez falcatrua contra o São Paulo para ganhar a Libertadores

Tricampeão da Copa Libertadores e então campeão do Mundial de Clubes, o São Paulo entrou forte na busca pelo sonhado tetracampeonato da maior competição sul-americana em 2006. Eliminando gigantes como Palmeiras e Estudiantes, além de superar o surpreendente Chivas nas semifinais, o Tricolor só seria superado pelo Internacional na grande final.

Derrotado por 2 a 1 no jogo de ida, realizado no Morumbi, o São Paulo ainda contou com uma falcatrua do clube gaúcho para não contar com o atacante Ricardo Oliveira, um dos grandes nomes daquela campanha, no segundo e decisivo jogo no Beira-Rio. Emprestado pelo Real Bétis, da Espanha, o jogador ficaria de fora graças a uma “forcinha” do Colorado.

Ricardo Oliveira Sao Paulo
Ricardo Oliveira, com a camisa do São Paulo — Foto: Vipcomm

O vínculo de empréstimo entre São Paulo e Ricardo Oliveira era válido até 10 de agosto de 2006, um dia após a data marcada pela Conmebol para o fim da Libertadores. Mas a Copa do Mundo da Alemanha obrigou a entidade a alterar a tabela da competição e “empurrar” o segundo jogo da grande final para uma semana mais tarde, no dia 16 de agosto.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Em resumo: Ricardo Oliveira já não teria mais contrato na data da decisão. Mesmo com o São Paulo agindo nos bastidores para solucionar o problema, Fernando Carvalho, presidente do Internacional à época, decidiu intervir. Segundo o dirigente, ele chegou até mesmo a enviar um fax anônimo ao então presidente do Bétis.

“O São Paulo acertou a renovação e depois rescindiria o contrato. Eu descobri isso e combinei com o advogado do Palmeiras que desse uma entrevista sobre o que significaria isso. Estaria burlando a lei da Fifa. Ou o São Paulo devolvia o jogador, ou o Betis seria punido. Foi feita a entrevista, repercutiu”, disse o dirigente.

Fernando Carvalho ainda complementou: “Eu tirei um xerox e enviei por fax ao presidente do Betis. Mandei anônimo. Com aquilo, ele não assinou. Eu estava focado, cuidando de todos os detalhes”.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.