Ídolo do São Paulo quer transformar time em SAF


Nos últimos anos, as Sociedades Anônimas de Futebol (SAFs), estão tomando cada vez mais espaço no futebol brasileiro. Os clubes vendem suas ações e ganham um novo “dono”, enxergando uma possibilidade de diminuir suas dívidas ao se tornar um clube-empresa.

Na Série A do Campeonato Brasileiro, temos diversos exemplos de SAFs em funcionamento, como a do Cruzeiro, Bahia, Vasco da Gama e Coritiba. A mais famosa é a dp Botafogo, liderada pelo empresário norte-americano John Textor, que também comanda o Lyon, da França, e o Crystal Palace, da Inglaterra. O clube carioca é líder isolado do Campeonato Brasileiro.

Tomando isso como exemplo, o ex-zagueiro Ricardo Rocha, ídolo do São Paulo e campeão mundial com o Brasil em 1994, revelou que está disposto a ajudar um clube a se tornar uma SAF.

Plano de Ricardo Rocha foi revelado, e Santa Cruz pode ressurgir das cinzas

Segundo o defensor, ele está em conversas com o Santa Cruz visando possíveis investidores ao clube, que não se encontra em boa situação atualmente, já que está sem divisão. Em seu canal oficial, Ricardo Rocha disse que conversou com Rivaldo e Grafite, dois ex-jogadores, sobre a situação.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Se eu entrar, é para ajudar, não é como presidente, mas ajudar da melhor maneira possível. Como Grafite falou, já conversei com Rivaldo, todo mundo quer ajudar o Santa Cruz. Essa é a minha última cartada. Falo para o torcedor: não posso agir, nunca fui procurado por ninguém, não vou passar por cima das leis”, iniciou.

“Estou de peito aberto com a minha gestão que quero levar. E digo mais: tem que ser da minha maneira, que é trazer todos os diretores, unidos, não quero briga, não vou ter inimigos. Esse é o Santa Cruz que está na minha cabeça. Isso, se eu entrar, eu vou fazer”,  concluiu.