Ídolo do São Paulo não alivia pra Carpini e revela desconfiança

Um dos maiores ídolos da história do São Paulo, com dois títulos mundiais e da Copa Libertadores no currículo, o ex-atacante Muller não poupou críticas ao técnico Thiago Carpini após a dramática classificação do Tricolor para as quartas de final do Paulistão. O time chegou a flertar com a precoce eliminação no estadual.

“Confio no time, não confio no treinador. O treinador não está no nível do time. Estava ganhando o jogo e coloca 3 zagueiros pra quê? E depois do terceiro zagueiro que tomou o gol”, disse Muller, hoje comentarista no programa “Mesa Redonda”, da TV Gazeta. O gol que o ex-atacante se refere ia tirando o São Paulo do Paulistão.

Thiago Carpini Ituano x Sao Paulo
Thiago Carpini, técnico do São Paulo, contra o Ituano — Foto: Marcos Ribolli

Iniciando a última rodada com 19 pontos conquistados, a equipe de Thiago Carpini só dependia de si para se classificar. A simples vitória por 2 a 1 sobre o Ituano, no entanto, se tornou um empate inesperado já na reta final da partida. Desesperado, o São Paulo se jogou para o ataque e teve a oportunidade da vitória com um pênalti.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Demonstrando extrema calma e categoria, o também ídolo Lucas Moura balançou as redes adversárias e decretou, além do placar de 3 a 2, a classificação são-paulina para o mata-mata. Agora o time enfrentará o Novorizontino, no MorumBIS, no próximo fim de semana.

Técnico do São Paulo ressaltou “saldo positivo”

Duramente criticado por Muller, o técnico Thiago Carpini preferiu relevar as críticas quanto ao seu trabalho e destacou a campanha do Tricolor, que terminou a primeira fase na liderança do Grupo D. Ele ainda relembrou o título da Supercopa do Brasil sobre o Palmeiras e a quebra do tabu contra o Corinthians na Neo Química Arena.

“Terceira melhor campanha, quebra de tabu contra o Corinthians, título da Supercopa. Vejo um saldo muito positivo. É tudo o que queremos para o São Paulo? De maneira nenhuma, mas estamos no caminho. É a construção para a temporada, e a competição que nos permite mudar, alterar, ajustar e ver o que temos de melhor”, disse.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.