Ídolo do Manchester United humilha dupla de Cotia

Um dos clubes mais tradicionais do futebol europeu, o Manchester United vive uma crise que parece nunca ter fim. Eliminado ainda na fase de grupos da Liga dos Campeões e ocupando apenas a oitava colocação no Campeonato Inglês, o time comandado pelo holandês Erik Ten Hag tem provocado a ira de sua apaixonada torcida.

Mas a insatisfação tem ido além das arquibancadas, com inúmeros ídolos do clube fazendo questão de explanarem suas críticas através da imprensa britânica. Nos últimos meses, nomes como Jaap Stam, Dimitar Berbatov e Rio Ferdinand não perdoaram os principais astros da equipe em opiniões fortes sobre o rendimento do time.

Agora foi a vez do ex-lateral e hoje comentarista Gary Neville não poupar críticas para Ten Hag na montagem do elenco do United. Segundo ele, o treinador gastou muito e mal no mercado. Para exemplificar os erros do holandês, Neville se utilizou de dois jogadores formados no São Paulo: o volante Casemiro e o atacante Antony.

“Esse é o que vai se destacar em Erik ten Hag no futuro: aqueles 85 milhões de libras em Antony. Ele não está nem perto desse nível. Mas mesmo 70 milhões de libras em Hojlund é muito dinheiro, 55 milhões de libras em Mount, 60 milhões de libras para Casemiro em um contrato de cinco anos”, opiniou o ex-jogador.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Neville ainda concluiu: “O departamento de recrutamento do Manchester United não pode ter assistido Antony e contratado ele por 85 milhões. Parece que eles permitiram que Ten Hag o anulasse. Os proprietários têm que dizer não”. Principal alvo das críticas, o atacante ainda não anotou gols ou assistências na atual temporada.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.