Helinho chegou a ser cotado pro lugar de revelação do Palmeiras e pode render grana ao SPFC

Ainda antes de fechar a contratação do talento Gabriel Verón, cria da base do Palmeiras, o Porto, de Portugal, havia demonstrado interesse em Helinho, que atualmente defende o Red Bull Bragantino. A informação foi divulgada pelo jornal português A Bola, ainda no ano passado.

Helinho era considerado uma opção mais barata caso o negócio com Verón não desse certo. Contudo, quis o destino que o Bragantino aproveitasse por mais tempo os serviços do ponta.

Por sinal, o interesse é antigo. Vale lembrar que Helinho foi criado e formado nas categorias de base do São Paulo. Atuou em diversas categorias, e sempre foi tratado como uma joia a ser lapidada. 

O interesse do Porto surgiu justamente nesta época, quando ele foi promovido ao profissional do Tricolor a ganhava cada vez mais minutos em campo. Contudo, acabou sendo vendido ao Bragantino por R$ 24 milhões, assinando um contrato até 2026.

O jogador vem sendo um dos principais destaques ofensivos do Massa Bruta nos últimos anos, em especial nesta temporada, já que o clube está fazendo uma ótima campanha no Brasileirão. Em 24 partidas na temporada, marcou quatro gols e distribuiu duas assistências. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

SPFC pode ganhar dinheiro em caso de venda de Helinho

Como o atleta é formado nas categorias de base de Cotia, o São Paulo pode acabar recebendo um percentual em caso de venda. Não se sabe se o SPFC ainda tem alguma porcentagem de seus direitos econômicos. Caso sim, receberá uma fatia da venda mais o mecanismo de solidariedade da FIFA.