Guardiola aceita assumir a Seleção Brasileira e Dorival é avisado

No mês passado, Dorival Júnior deixou o São Paulo e se tornou o novo técnico da Seleção Brasileira. Por sinal seus primeiros compromissos sob o comando do Brasil já estão marcados. No dia 23, a Amarelinha encara a Inglaterra, em Wembley. Três dias depois, vai à Madrid para duelar contra a Espanha, no Santiago Bernabéu.

E mesmo com pouco tempo no comando do Brasil, Dorival já tem muita pressão em cima de seu trabalho. Isso porque Pep Guardiola, técnico do Manchester City, concedeu uma entrevista recente à ESPN, na qual declarou seu desejo em comandar uma seleção no futuro. 

Considerado um dos melhores treinadores da história do futebol, o espanhol admitiu que um de seus sonhos é disputar uma Copa do Mundo à beira do gramado. Vale lembrar que ele tem contrato com o City até junho de 2025.

 “Não sei quem me quer. Para trabalhar em uma seleção, eles te querem, como nos clubes. Não sei quando, daqui a 5, 10 ou 15 anos, mas gostaria de disputar uma Copa do Mundo como técnico”, disse Guardiola. 

Alguns torcedores já abriram os olhos após a entrevista e começaram a pedir pela contratação de Guardiola através das redes sociais. Diante disso, a pressão em cima de Dorival já é muito grande sem o comandante sequer ter feito sua estreia pela Amarelinha.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Quando comecei, não pensava em ganhar as ligas, ser campeão da Champions. Pensava: se tenho trabalho, tudo bem. Gostaria de ter a experiência de viver uma Copa do Mundo, uma Eurocopa, uma Copa América, o que seja. Gostaria de vivenciar isso”, admitiu Guardiola.

Ederson revela conversa com Guardiola sobre a Seleção Brasileira

Ainda em março do ano passado, o goleiro Ederson, titular do Manchester City, revelou que teve uma conversa com Guardiola sobre o futuro. Todavia, o brasileiro disse que, por hora, não existe a possibilidade do espanhol assumir a Amarelinha.

“Eu cheguei a comentar e brincar com ele [Guardiola], mas ele falou que não tem possibilidade (de assumir a seleção brasileira), porque ele tem contrato com o City. Inclusive, há pouco tempo ele renovou por duas temporadas. Então, ele falou que não tem hipótese alguma”, contou Ederson.