Goleiro Bruno surpreende e está trabalhando em nova função no futebol

Ex-goleiro do Flamengo, Bruno se tornou uma das figuras mais famosas do Brasil. Infelizmente não foi pelo seu futebol, e sim pelo crime cometido contra a modelo Eliza Samudio, em 2010.

Depois de ter sido condenado a 22 anos de cadeia, o ex-goleiro até tentou regressar ao esporte, mas sofria uma imensa rejeição a cada anúncio de contratação. Os times perderam patrocínios e eram muito criticados pela torcida, levando a rescisões com Bruno. Nos últimos meses, ele chegou a ser barrado de disputar um torneio de várzea em São Paulo pelo Orion F.C.

Apesar da rejeição para atuar no futebol, Bruno optou por se manter no mundo do esporte, se tornar um coach esportivo, auxiliando a trabalhar o aspecto mental dos jogadores e equipes no geral, principalmente na disciplina.

Através das redes sociais, os amigos de Bruno estão divulgando os trabalhos recentes do ex-jogador. Visando se aprimorar cada vez mais na área, ele chegou a fazer cursos online sobre as práticas de coach.

Caso Eliza Samúdio

Em junho de 2010, Bruno vivia a melhor fase de sua carreira, sendo titular do Flamengo e cotado para a Seleção Brasileira. Contudo, o caso envovlendo o assassinato de Eliza Samúdio virou a chave em sua vida. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Em março de 2023, foi declarado culpado pela Justiça de Minas Gerais por  homicídio triplamente qualificado, cárcere privado, sequestro e ocultação de cadáver. Está cumprindo a pena em regime semiaberto desde 2019.