Globo escolhe 3 narradores que torcem pro São Paulo pra comandar o futebol

A TV Globo, considerada como a maior emissora do Brasil, passou por uma grande reformulação em seu elenco de transmissões esportivas após o término da Copa do Mundo do Catar, realizada entre novembro e dezembro de 2022. Desde então, nomes consagrados como Galvão Bueno e Cléber Machado deram adeus ao canal.

Para “substituir” a histórica dupla, a Globo decidiu apostar em Luís Roberto como número um das transmissões de futebol e tem dado cada vez mais oportunidades para Everaldo Marques e Gustavo Villani. E o que o trio tem em comum além da narração? Todos já declaram ser torcedores do São Paulo, um dos principais clubes do país.

Com passagens por Jovem Pan e ESPN Brasil, Everaldo Marques chegou ao Grupo Globo em 2020, fazendo parte, inicialmente, do elenco do SporTV. Com o tempo, passou também a transmitir jogos na TV Globo. Em 2019, quando ainda fazia parte da ESPN, ele não titubeou e revelou seu time do coração durante o Bate-Bola: “Eu sou são-paulino”.

Já Luís Roberto, que é natural da capital paulista, nunca se declarou são-paulino oficialmente. Assim como Gustavo Villani. Porém, os dois já foram apontados como torcedores do clube por diversos colegas de profissão.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Narrador tem contrato milionário com a Globo

As saídas de Galvão Bueno e Cléber Machado promoveram uma verdadeira dança das cadeiras dentro da Globo, que optou por tornar o experiente Luís Roberto, de 62 anos, ao posto de principal nome em suas transmissões. Os principais jogos da grade, seja por Brasileirão, Copa do Brasil ou Libertadores, agora contam com a voz dele.

Alçando “promoções” dentro da empresa, Luís também tem ganhado destaque graças aos seus vencimentos na emissora carioca. Segundo o colunista Léo Dias, o novo salário do narrador chegou a casa dos R$ 800 mil por mês.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.