Gigante inglesa pega de surpresa e pode por grana no São Paulo

Com contrato com a Adidas até o final de dezembro, o São Paulo já está analisando algumas concorrentes para patrocinar o clube a partir de 2024. A marca alemã está desde 2018 no Tricolor, mas sua relação com o clube não está das melhores.

Por conta de diversos motivos como atraso nas reposição dos estoques, falta de tamanhos específicos, além de privilégio no tratamento a outros clubes, o SPFC deve seguir com outra empresa.

Vale lembrar que no contrato assinado com o São Paulo, a Adidas tem uma cláusula a seu favor que lhe dá o direito de igualar qualquer oferta enviada por algum concorrente. Todavia, a tendência é que não permaneça no Tricolor.

Castore é o nome da vez no São Paulo

Até o momento, a grande favorita para fornecer material esportivo para o Tricolor do Morumbi é a New Balance, dos Estados Unidos. Entretanto, surgiu mais um nome recentemente, de acordo com o jornalista Alexandre Zanquetta.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Isto porque, segundo o mesmo, a Castore, empresa inglesa de fornecimento de uniformes e vestimentas de esporte, está interessada em formar uma parceria exclusiva com o SPFC.

A Castore produz uniformes de times tradicionais, como o Rangers, Wolverhampton, Newcastle, Aston Villa, Bayer Leverkusen, Almería, Sevilla, Genoa, MK Dons e o Salford City, além de equipes de divisões menores na Inglaterra.

A marca fechou uma parceria com o tenista britânico Andy Murray, além da multicampeã escuderia McLaren, na Fórmula 1. A Castore está explodindo cada vez mais na Europa, e busca aumentar seu mercado para o Brasil.