Ganha R$ 400 mil do São Paulo e mesmo assim decidiu vestir a camisa do Palmeiras

Formado nas categorias de base do Olmedo, modesto clube equatoriano, Robert Arboleda teve passagens por Grecia, LDU de Loja e Universidad Católica de Quito antes de chegar ao São Paulo em junho de 2017. Na época, ainda pouco conhecido, o zagueiro foi adquirido por US$ 2 milhões (R$ 6,6 milhões) e rapidamente conquistou a simpatia da torcida.

Demonstrando ser um defensor sólido, com boa saída de bola e habilidade aérea notável, Arboleda teve ótimas temporadas em seus primeiros anos no Morumbi, tornando-se um favorito entre os torcedores. No entanto, esse clima positivo esteve prestes a se desfazer em dezembro de 2019.

Durante suas férias em seu país natal, o jogador perdeu uma aposta com amigos e foi “obrigado” a posar para uma foto com uma camisa do rival Palmeiras. A imagem, que acabou viralizando nas redes sociais, não foi bem recebida no São Paulo, e o zagueiro ficou sob séria ameaça de não atuar mais pelo clube. Somente em 2021, mais de um ano após o incidente, Arboleda expressou arrependimento.

O que disse?

“O pior momento desde que cheguei foi a foto com a camisa do Palmeiras. Me marcou muito com os são-paulinos. Estou muito arrependido por isso. Foi uma aposta, que nunca achei que seria tão ruim. Uma aposta, uma brincadeira entre amigos.”

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O tempo se encarregou de amenizar a mágoa. Em excelente fase , superando uma grave lesão no tornozelo ocorrida em 2022, Arboleda agora ostenta um dos salários mais expressivos do elenco, aproximadamente R$ 400 mil, e desempenha um papel fundamental no sistema defensivo do São Paulo.

O São Paulo iniciou as conversas para estender o contrato do zagueiro Robert Arboleda, atualmente válido até o final de 2024. O clube apresentou uma proposta buscando estender o vínculo até 2026, embora antecipe que as negociações não serão concluídas rapidamente.