Galoppo volta pra final da Copa do Brasil?


No começo desta temporada, o São Paulo sofreu com algumas lesões graves entre seus principais jogadores. O zagueiro Nahuel Ferraresi e o meia Giuliano Galoppo são exemplos claros, já que passaram por cirurgias após romperem o ligamento cruzado anterior do joelho. Em processo avançado de recuperação, o clube adota cautela. 

Por ser uma lesão mais complicada de se tratar, o departamento médico do clube não quer acelerar a volta aos gramados. Logo, é improvável que o técnico Dorival Júnior tenha algum dos dois disponíveis para a final da Copa do Brasil, contra o Flamengo

Ferraresi é o que está há mais tempo machucado, já que sofreu a lesão em janeiro, durante partida contra o Palmeiras, no Allianz Parque, pelo Campeonato Paulista. O prazo estipulado para a volta aos gramados é de oito meses. Ou seja, ele poderá atuar somente em outubro, depois da decisão.

Além disso, ele esteve muito focado na recuperação, e apresentou evolução significativa.  Sua recuperação é vista com muito otimismo no ambiente interno, e sua volta dependerá do próprio atleta. 

Situação de Galoppo

Galuppo vinha sendo o principal destaque do São Paulo no começo do ano. Depois de um começo de adaptação, ele brilhou atuando tanto como meia ou como um “falso nove”. Ele se machucou na eliminação do São Paulo nas quartas de final contra o Água Santa, pelo Campeonato Paulista. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ele realizou a cirurgia pouco tempo depois na Argentina, com seus médicos de confiança. Pouco mais de um mês após o procedimento, passou por uma artroscopia, que não alterou o prazo de retorno aos gramados, que era de oito meses. 

O tempo de recuperação deverá ser respeitado, e assim como Ferraresi,  o departamento médico não quer acelerar o processo, e depende da recuperação individual do atleta. Contudo, existe um otimismo que ele se recupere em novembro, pela reta final do Campeonato Brasileiro. Logo, perderá a final da Copa do Brasil.