Gabriel Neves driblou Nacional e ficou com todo dinheiro de transferência ao Tricolor

0

Contratado em agosto de 2021 pelo Tricolor a pedido de Crespo, Gabriel Neves vem sendo alvo de críticas na imprensa uruguaia nos últimos dias por conta de sua transferência ao São Paulo.

Isso porque a chegada de Neves ao clube do Morumbi foi divulgado como um empréstimo com opção de compra junto ao Nacional do Uruguai. No entanto, foi revelado recentemente que Neves rescindiu com seu antigo clube antes de o deixar, recebendo assim apenas ele, luvas do São Paulo avaliadas em 300 mil dólares.

A atitude e o negócio em si incomodou sócios do Nacional do Uruguai, que cobram atitude da nova diretoria do clube, eleita após a transferência de Gabriel.

Sendo assim, assim que o contrato de empréstimo entre Gabriel Neves e São Paulo se encerrar no fim de 2022, o volante será um jogador livre no mercado.

Diretoria do Nacional decide que medida irá tomar contra o São Paulo

Em entrevista com a diretoria do Nacional do Uruguai, especificamente o vice-presidente da instituição, o blog ‘GE’, ouviu do mandatario que a atitude do clube uruguaio quanto a isso será, nenhuma.

“Não há nada. Está tudo claríssimo. Nada que investigar”, analisou Alejandro Balbi.

Mesmo com os direitos de Gabriel Neves pertencendo 100% ao São Paulo, como foi divulgado em balanço financeiro, o que tecnicamente não devia acontecer, a diretoria do Nacional parece deixar de lado a situação.

Caso queira manter Neves em seu plantel, o Tricolor terá de desembolsar ainda sim 1,7 milhões de dólares ao fim do empréstimo, que seriam destinados ao jogador e seus empresários, com nada chegando aos cofres do Nacional.

Até aqui Gabriel atuou em apenas 11 jogos na temporada e é improvável que continue no clube paulista. O Independiente da Argentina sonda a situação do atleta.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino e siga o melhor site sobre o Tricolor no Instagram.

- Publicidade -