Gabigol pode ficar fora do futebol por 4 anos

Ídolo do Flamengo e apontado como grande desejo do Corinthians nesta janela de transferências, o atacante Gabriel Barbosa, o ‘Gabigol’, está envolvido em uma polêmica daquelas. Na noite desta quinta-feira (21), a Procuradoria da Justiça Desportiva Antidopagem denunciou o jogador por tentativa de fraudar um exame de controle de doping.

Segundo o órgão, o caso ocorreu no dia 8 de abril deste ano, no Ninho do Urubu, centro de treinamento do Flamengo. Às vesperas da final do Campeonato Carioca frente ao Fluminense, Gabigol teria dificultado a realização do exame desde a chegada dos oficiais responsáveis pela coleta e buscado prejudicar o trabalho deles de diversas maneiras.

De acordo com os responsáveis, Gabigol não se dirigiu a eles antes do treino, depois da atividade os ignorou e foi almoçar, tratou a equipe com desrespeito, não seguiu os procedimentos indicados, depois de 90 minutos pegou o vaso coletor sem avisar a ninguém e ao fim entregou o vaso aberto, contrariando orientação recebida.

Bastante criticado por seu desempenho em campo nesta temporada, o atacante foi denunciado no artigo 122 do Código Brasileiro Antidopagem, que se refere a “fraude ou tentativa de fraude de qualquer parte do processo de controle”. Caso condenado, Gabigol pode ser punido com suspensão de até quatro anos.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Através de uma nota, o staff do ídolo rubro-negro o defendeu das acusações: “O jogador do Flamengo vem a público confirmar que o exame foi realizado e o resultado apurado já deu negativo. Diante de tal informação, não há nada que possa ferir ou infringir as normas protocolares. Reiteramos que o atleta não tentou fraudar o exame”.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.