Fracassou no São Paulo, foi vendido e hoje está escanteado

Além de ter um sucesso invejável no futebol profissional, o São Paulo também é conhecido por revelar diversos craques ao futebol mundial. Nos últimos anos, diversos nomes de peso saíram de Cotia, tais como Kaká, Casemiro, Éder Militão, Lucas Moura, David Neres, entre muitos outros.

A torcida está acostumada com a cultura do clube de aproveitar seus jovens talentos. Muitas vezes, isso também causa um efeito negativo, uma vez que há uma expectativa exagerada em relação a alguns atletas.

Um dos jogadores que os tricolores mais depositavam confiança nos últimos anos é o atacante Gabriel Novaes. Criado e formado nas categorias de base de Cotia, acabou não tendo uma carreira a altura. Com apenas 24 anos de idade, já rodou por diversos clubes do país, mas não consegue se formar. 

O mesmo fez parte do time campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2019, em um plantel que contava com Antony (Manchester United), Nestor (SPFC), Diego Costa (SPFC), Welington (SPFC), Tuta (Eintracht Frankfurt) e Morato (Benfica). Todos se deram bem.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Gabriel Novaes não despontou e assinou com novo time recentemente

Após marcar 10 gols em oito jogos em 2019, além de 20 bolas na rede em 46 partidas, foi emprestado ao Barcelona B, clube no qual não conseguiu se adaptar e retornou ao Brasil. Foi emprestado ao Bahia e Juventude, mas não obteve sucesso, até ser vendido ao Red Bull Bragantino por R$ 8 milhões.

Na época, alguns torcedores ficaram chocados pelo baixo valor, considerando que muitos acreditavam que ele seria o próximo Luis Fabiano. Não conseguiu jogar no Massa Bruta e atuou em 2023 no Goiás, anotando dois gols em 10 jogos.

Gabriel Novaes tem um novo desafio em sua carreira. Ele foi anunciado recentemente pela Ponte Preta, e disputará o Campeonato Paulista e a Série B do Brasileirão. O principal objetivo do clube é retornar à Série A em breve.