Fracassou no São Paulo e agora foi anunciado por lanterna do Catarinense

Com a temporada de 2024 à todo vaor, os clubes brasileiros continuam trabalhando nos bastidores para garantirem reforços para as disputas dos campeonatos estaduais. Um deles é o Nação Araquari, equipe que disputa o Campeonato Catarinense. Atual lanterna da competição, o clube confirmou a chegada de um ex-São Paulo.

Trata-se de Régis, de 34 anos, dono de polêmica passagem pelo Morumbi em 2018. Contratado após se destacar atuando pelo São Bento no Paulistão de 2018, Régis acumulou problemas extracampo no São Paulo. Pouco aproveitado pelos profissionais, onde atuou por somente 15 vezes, chegou a ser rebaixado para a equipe Sub-23.

Sem se firmar, acabou rodando por diversos clubes do país desde então. Além do São Paulo, ele possui passagens por CSA, São Bento, Juventus Jaraguá, Gama, União Cacoalense-RO, Fats-AM, Sampaio Corrêa-RJ, Volta Redonda, Paranoá-DF, ASA, CRAC-GO, Sobradinho, Tocantins Miracema-TO e São Caetano.

Anos depois, o lateral admitiu que teve seu contrato rescindido com o São Paulo após envolvimento com álcool e cocaína. Mas as confusões ficaram longe de sumir, já que Régis acabou preso em flagrante pela Polícia Militar, na cidade de Corrente, no estado do Piauí, por tentativa de homicídio contra seu próprio irmão em 2023.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Buscando se redimir, ele tentará contribuiu para que o seu novo clube permaneça na elite do futebol catarinense. Com apenas três pontos conquistados em sete rodadas, o Nação está há cinco pontos do Concordia, primeira equipe fora da zona de rebaixamento. Nesta quinta-feira (15), o clube enfrenta o Hercílio Luz fora de casa.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.