Fortuna de Alexandre Pato é exposta, um dos mais ricos do planeta

Depois de ter sua saída confirmada do São Paulo, o atacante Alexandre Pato ainda continua sem clube. Ele está focado no nascimento de seu primeiro filho com Rebeca Abravanel, sua esposa e apresentadora do SBT.

O jogador foi especulado em diferentes clubes do Brasil após não renovar com o Tricolor do Morumbi, como o Santos, Fluminense e Cruzeiro. Também esteve ligado a times italianos, como o Monza e o Sassuolo.

O período desempregado não deve mudar praticamente nada na vida de Pato, já que segundo o site STN Daily, ele faz parte do seleto grupo de 10 jogadores de futebol com as maiores fortunas da história.

Ele é justamente o décimo colocado na lista, com uma fortuna avaliada em 145 milhões de euros, ou seja, cerca de R$ 772 milhões na cotação atual. O líder é Faiq Bolkiah, que atualmente defende o Ratchaburi, da Tailândia. No caso, ele tem um patrimônio estimado em 19 bilhões de euros (cerca de R$ 101 bilhões).

Jogadores de futebol mais ricos do mundo

O motivo pelo qual ele possui tanto dinheiro é inusitado. Apesar de ter nascido nos Estados Unidos, ele faz parte da família real e Brunei, um país no Sudeste da Ásia. Segundo informações divulgadas pelo Lance!, ele é  é sobrinho de Hassanal Bolkiah, que é o  primeiro ministro do país, e filho do príncipe Jefri, ocupou o cargo de que foi ministro da economia por uma década.

O francês Mathieu Flamini está em segundo lugar, com fortuna de 13 bilhões de euros (cerca de R$ 70 bilhões). Ele é co-fundador da empresa GFBiochemicals. Ele defendeu clubes como Arsenal, Olympique de Marselha e Milan durante sua carreira.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Cristiano Ronaldo fecha o top-3 (500 milhões de euros), enquanto Neymar, e Ronaldo são os outros brasileiros na lista (sexto e oitavo lugar), com fortunas avaliadas em 200 milhões de euros (cerca de R$ 1.06 bilhão) e 160 milhões de euros (cerca de R$ 852 milhões). 

Nascido nos Estados Unidos em 1998, Faiq Bolkiah faz parte da família real de Brunei, um pequeno país no Sudeste Asiático. Ele é sobrinho de Hassanal Bolkiah, atual sultão e primeiro-ministro do país, além de ser filho do príncipe Jefri, que foi ministro da economia por quase dez anos.