Foi vendido pelo São Paulo e agora não para de passar vergonha

No início da temporada passada, o São Paulo passou por uma espécie de reformulação em seu elenco. Diversos atletas deram adeus ao Morumbis, como o zagueiro Léo, também chamado de Léo Pelé. Ele foi vendido ao Vasco da Gama, e depois de quase um ano, foi duramente criticado no último domingo (2).

Isso porque o Cruzmaltino foi derrotado por incríveis 6 a 1 pelo Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro. O resultado contribuiu para o Vasco ser dono da pior defesa do torneio. Em sete rodadas disputadas, sofreu 17 gols, uma média de 2,4 por partida.

A grande preocupação dos torcedores é em relação ao alto investimento no setor defensivo, chegando a quase R$ 90 milhões. Antes de ser goleado pelo maior rival, o Vasco também perdeu por 4 a 0 para o Criciúma atuando em casa, pela quarta rodada. A segunda pior defesa do Brasileirão pertence ao Fluminense e ao Vitória, com 13 gols concedidos. Lanterna do campeonato, o Cuiabá sofreu 11 gols.

A equipe do Vasco até saiu na frente no clássico graças a um belo gol de Vegetti. Contudo, contou com falhas individuais dos defensores que acabaram prejudicando a equipe. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Dos cinco defensores escalados pelo Vasco no clássico somente Maicon foi contratado a custo zero. O restante custou R$ 87,8 milhões. Confira o valor de cada um:

  • João Victor – R$ 32 milhões
  • Lucas Piton – R$ 21,8 milhões
  • Léo – R$ 16 milhões
  • Pumita – R$ 10 milhões
  • Paulo Henrique – R$ 4,8 milhões
  • Robert Rojas – R$ 3,2 milhões

Treinador do Vasco reclama de opções no setor

Recém-contratado,  técnico Álvaro Pacheco optpu por um sistema com tres zagueios diante do Rubro-Negro, formação que deve ser abandonada com o passar da temporada. Pelo menos é o que indica o treinador português, que comentou sobre a falta de opções no setor.

“Se você me perguntar se o elenco está construído para jogar com uma linha de cinco ao longo da temporada, não, não está. Só temos cinco zagueiros. Evidente que para jogar com três zagueiros precisamos de no mínimo seis”, disse o técnico após a partida.