Foi especulado no São Paulo e agora virou a última bolachinha do pacote na Inglaterra

Depois de ter terminado como campeão da Copa do Brasil, o São Paulo iniciou o planejamento para 2024. O grande objetivo é a conquista da Libertadores da América, e para isso, o Tricolor sondou alguns nomes no mercado. 

O time precisava de um atacante para ser o reserva imediato de Jonathan Calleri, já que a saída de Erison estava praticamente sacramentada. Dito isso, o portal Bolavip Brasil divulgou, ainda em dezembro, que o clube estava interessado em Rodrigo Muniz.  O brasileiro defende as cores do Fulham, da Inglaterra, e não vivia boa fase. Possui contrato até junho de 2026.

No final das contas, o negócio acabou não acontecendo, e o São Paulo optou pela contratação de André Silva, que defendia o Vitória de Guimarães, de Portugal.

Muniz se valorizou na reta final da Premier League

Porém, Rodrigo Muniz entrou em uma ótima fase recentemente e se valorizou muito no futebol inglês. O atacante marcou dez gols em 33 jogos disputados e, segundo o portal Goal, atrai interesse do Chelsea e do Tottenham, que sondaram sua situação junto ao Fulham.

Muniz é agenciado pela empresa CCA Base, da Inglaterra, e pode respirar novos ares a partir de agosto. Seu valor aumentou consideravelmente após marcar nove gols nos últimos 16 jogos disputados na Premier League (Campeonato Inglês). Além das bolas na rede, também distribuiu uma assistência.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O Fulham deve pedir algo em torno de € 30 milhões (R$ 170,6 milhões) e € 40 milhões (R$ 227,5 milhões) para vendê-lo em definitivo. Como mencionado anteriormente, Chelsea e Tottenham, avaliam uma investida no jogador.