Foi contratado pra ser titular absoluto e tá escanteado no São Paulo

Após o título conquistado da Copa do Brasil do ano passado, o São Paulo iniciou 2024 sob grandes expectativas. A diretoria foi ao mercado para contratar jogadores que aumentassem ainda mais o nível da equipe, visando, como esperado, a disputa da Libertadores da América. 

Um dos atletas comprados foi o volante Damian Bobadilla, que defendia o Cerro Porteño, do Paraguai. O jogador era tratado como uma promessa de seu país, e por sinal, atraiu interesse de outros clubes brasileiros como o próprio Palmeiras.

Apesar das grandes expectativas criadas quando desembarcou no MorumBis, Bobadilla não vive bom momento no São Paulo. Ele não saiu do banco de reservas em quatro (Inter de Limeira, Palmeiras, Novorizontino e Talleres) dos últimos cinco duelos. Entrou em campo somente na vitória por 3 a 2 contra o Ituano, pela última rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista.

De 14 jogos do São Paulo na temporada, Bobadilla entrou em campo em sete, ou seja, em metade deles. Por sinal, marcou um gol, e chegou a mostrar polivalência ao se candidatar para jogar na lateral-direita, já que os nomes da posição não estavam disponíveis naquele momento.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Bobadilla pode ganhar nova chance em breve

Mesmo sem muitos minutos pelo Tricolor, ele continua sendo lembrado por seu país, e foi convocado para defender a seleção paraguaia na última data Fifa. A tendência é que ele ganhe novas oportunidades em breve.

Depois de não sair do banco na derrota por 2 a 1 para o Talleres, na Argentina, Bobadilla pode ganhar uma chance nesta quarta-feira (10). Na ocasião, o São Paulo recebe o Cobresal, do Chile, no MorumBis, pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores.