Foi confirmado: Paulo Henrique Ganso é Santos

Natural da cidade de Ananindeua, no Pará, o meia Paulo Henrique de Chagas Lima, o “Ganso”, chegou ainda menino ao Santos no ano de 2005. E com um “padrinho” de respeito: o craque e também meia Giovanni. Com pouquíssimo tempo de clube, o então jovem Ganso desfilou sua categoria nas divisões de base do Peixe até 2008.

Alçado aos profissionais, também não demorou para demonstrar extrema categoria com a perna esquerda. Em seu terceiro ano de profissional, já com a companhia de Neymar, foi campeão paulista e da Copa do Brasil, além de ser nome muito pedido pela torcida para a disputa da Copa do Mundo de 2010, disputada na África do Sul.

Sem chance com Dunga, ele ainda venceria a Copa Libertadores da América de 2011 pelo clube alvinegro. Naquele mesmo ano, Ganso se declarou torcedor do Santos em entrevista onde afirmava que não sairia do Peixe tão cedo. Na época, logo após uma grave lesão no joelho, o meia era constantemente especulado no futebol europeu.

“Fala para os caras que estão me vendendo que eu não vou sair não. Temos o Campeonato Brasileiro, onde precisamos nos recuperar e ainda tem o Mundial de Clubes, no final do ano. Fora isso, tem o centenário do time em 2012, muita coisa. Sou jogador do Santos e meu coração é Alvinegro Praiano”, disse na época.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Curiosamente, Ganso deixaria o Santos justamente em 2012 para se juntar ao São Paulo, o que faria o jogador ser chamado de “mercenário” pela torcida santista. Sem atingir o sucesso esperado em seu início de carreira, o meia ainda acumularia passagens por Sevilla, da Espanha, e Amiens, da França, até chegar ao Fluminense em 2019.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.