Foi comprovado oficialmente: Cristiano Ronaldo é maior que Messi

Cristiano Ronaldo e Lionel Messi são rivais de longa data. Ambos disputaram tanto prêmios individuais, como Bolas de Ouro da FIFA, dado ao melhor jogador da temporada, até os coletivos. O português defendeu o time da capital da Espanha,o Real Madrid, enquanto o argentino é o maior ídolo da história do Barcelona.

A discussão entre quem é melhor sempre existiu e não deve morrer. O assunto deve ser eterno, já que ambos são um dos maiores nomes de todo o esporte. Cada jogador, jornalista e torcedor possui uma opinião de quem leva vantagem.

No âmbito físico, não há dúvida que Ronaldo de fato é maior. Enquanto o argentino possui 1,70m de altura, o atacante do Al-Nassr, da Arábia Saudita, esbanja 1,87m, fator com que fez com que ele fosse um exímio cabeceador durante toda a sua carreira. 

Presença de CR7 é colocada em cheque em amistoso contra Messi

Na última terça-feira (23), o Al-Nassr confirmou que Cristiano Ronaldo sofreu uma lesão na panturrilha, e precisou desmarcar dois amistosos que seriam disputados na China, diante do  Shanghai Shenhua e Zhejiang

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O problema foi que o clube árabe já havia marcado outra partida contra o Inter Miami, time de Lionel Messi, para o dia 1° de fevereiro. O duelo ainda tem chances de acontecer, mas pode contar com a presença do atacante português. Ambas as partes avaliam um possível adiamento.

“Lamentamos anunciar que, infelizmente, e por motivos alheios ao Al-Nassr, o evento composto por duas partidas marcadas para os dias 24 e 28 de janeiro foi adiado para data a ser definida. Viemos aqui em Shenzhen com muito respeito pelos torcedores do futebol chinês e especificamente pelos torcedores do Ronaldo”, divulgou o Al-Nassr, atraves de uma nota. 

Cristiano Ronaldo também se pronunciou sobre o ocorrido, e publicou um pedido de desculpas a todos os fãs chineses que estavam esperando ansiosamente pela partida. Confira:

“Peço desculpas a todos os torcedores chineses. Sei que todos estão tristes, e eu também. Como vocês sabem, no futebol há coisas que não podem ser controladas”, disse o português.