Foi assim que Joana Sanz reagiu a liberação de Daniel Alves da prisão

Dia de vitória para Daniel Alves na Justiça da Espanha. Após ser condenado a quatros anos e meio por agressão sexual há exatamente um mês no país europeu, o brasileiro teve seu quinto pedido de liberdade provisório aceito pela 21ª Seção do Tribunal de Justiça de Barcelona na manhã desta quarta-feira, dia 20. A esposa Joana Sanz reagiu de maneira tranquila.

Por maioria dos votos, o órgão decidiu deixar o ex-lateral, dono de polêmica passagem pelo São Paulo entre 2019 e 2021, fora da prisão enquanto os recursos de ambas as partes envolvidas no caso são julgados. Para ficar livre, Daniel Alves pagará fiança de 1 milhão de euros (R$ 5,45 milhões) e não poderá deixar o país.

Além disso, terá de entregar seus passaportes brasileiro e espanhol, e se manter distante da vítima por ao menos 1km. Segundo a imprensa espanhola, as partes têm três dias para recorrerem dessa nova decisão. Em audiência na última terça-feira, dia 19, Daniel garantiu que não tentaria fugir da Espanha.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

A possibilidade de fuga era, inclusive, o principal ponto que levou a Justiça a negar os primeiros quatros pedidos apresentados pela defensa do ex-jogador. Prestes a ficar livre após 14 meses de prisão, Daniel reencontrará Joana Sanz, sua esposa. Os dois, no entanto, não deveram reatar o casamento e provavelmente ficarão em casas separadas.

Desde o início do caso, a modelo deixou claro que não perdoaria a traição do marido. Em certo momento, a espanhola chegou a dar indícios de que entraria com o pedido de divórcio, mas voltou atrás para não prejudicar o ex-companheiro. Ainda sem se pronunciar sobre a novidade, Joana deve ganhar dias de paz na vida pessoal, ela reagiu com felicidade a notícia.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.