Flamengo x São Paulo teve quebra de recorde de bilheteria no futebol brasileiro

Após longas semanas de espera, São Paulo e Flamengo enfim entraram em campo pela grande final da Copa do Brasil. Em um Maracanã com mais de 67 mil torcedores, o time comandado por Dorival Jr. iniciou a disputa pela sonhada taça com vitória: 1 a 0, com gol de Calleri. Além disso, participou de um recorde histórico.

A partida registrou a maior renda bruta da história entre clubes no Brasil: incríveis R$ 26.343.300 milhões. Tudo graças aos preços praticados pelo Rubro-Negro. As entradas para o encontro no Maracanã variaram entre R$ 400 e R$ 4.500 para o público em geral, o que levou o ticket médio da decisão a marca de R$ 391,14.

Com a renda alcançada, Flamengo x São Paulo superou os R$ 14.176.146 da partida entre Atlético-MG x Olimpia pela decisão da Copa Libertadores da América de 2013. Já Palmeiras x Flamengo, pela Supercopa do Brasil desta temporada, completa o Top 3 do ranking com R$ 11,6 milhões de renda no Mané Garrincha.

Confira as maiores rendas do futebol brasileiro

  1. Flamengo 0 x 1 São Paulo (Copa do Brasil 2023) – Maracanã: R$ 26,3 milhões
  2. Atlético-MG 2 x 0 Olimpia (Libertadores 2013) – Mineirão: R$14,2 milhões
  3. Palmeiras 4 x 3 Flamengo (Supercopa 2023) – Mané Garrincha: R$ 11,6 milhões
  4. Flamengo 1 (6 x 5) 1 Corinthians (Copa do Brasil 2022) – Maracanã: R$ 11,2 milhões
  5. Flamengo 2 x 0 Athletico-PR (Copa do Brasil 2013) – Maracanã: R$ 9,7 milhões
  6. Atlético-MG 4 x 3 Bragantino (Brasileiro 2021) – Mineirão: R$ 8,8 milhões
  7. Flamengo 1 x 0 Grêmio (Copa do Brasil 2023) – Maracanã: R$ 8,7 milhões
  8. São Paulo 2 x 0 Corinthians (Copa do Brasil 2023)) – Morumbi: R$ 8,5 milhões
  9. Atlético-MG 4 x 0 Athletico-PR (Copa do Brasil 2021) – Mineirão: R$ 8,3 milhões
  10. Flamengo 5 x 0 Grêmio (Libertadores 2019) – Maracanã: R$ 8,1 milhões

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.