Flamengo decide se reforçar antes da final com o São Paulo

Rival do São Paulo na grande decisão da Copa do Brasil, o Flamengo vive forte momento de turbulência. Dono do elenco mais caro do continente sul-americano, o clube carioca corre sérios riscos de encerrar a temporada sem qualquer título. Aliado a isso, o fraco desempenho do time comandado por Jorge Sampaoli tem irritado a torcida.

Tanto que, assim como no retorno do elenco do Espírito Santo após a derrota por 3 a 0 para o Athletico-PR, o desembarque do Rubro-Negro no Rio de Janeiro depois de um decepcionante empate por 0 a 0 com o Goiás também contou com esquema de segurança reforçado para evitar possíveis manifestações de torcedores no Aeroporto.

Onibus Flamengo
Ônibus do Flamengo em desembarque após empate contra Goiás — Foto: Bruno Murito

A delegação pousou na capital carioca no início da madrugada desta quinta-feira (21) e não encontrou qualquer protesto. Os jogadores não pararam para falar com a imprensa presente no local. Membros da diretoria como Rodolfo Landim, presidente do clube, e Bruno Spindel, diretor de futebol, também se negaram a falar.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Envolvido em uma enorme confusão com torcedores em um shopping na Zona Oeste do Rio, o vice-presidente de futebol Marcos Braz sequer viajou para Goiânia para acompanhar a partida. Ao todo, cerca de 20 seguranças foram acionados para acompanhar a delegação.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.