FIFA pode punir o Corinthians em poucas horas

Histórico rival do São Paulo, o Corinthians vive uma das piores crises de sua história. Sem levantar um título desde a temporada de 2019, o Alvinegro também tem convivido com inúmeros problemas financeiros. Um deles pode até mesmo fazer com que o clube seja punido pela FIFA e fique impedido de contratar na janela.

De acordo com informações da ESPN, a nova diretoria corintiana, eleita no início do mês para o próximo triênio, admite preocupação quanto a uma dívida com o Argentinos Juniors pela contratação do volante Fausto Vera em julho de 2022. O Corinthians ainda tem duas parcelas em aberto que somam quase R$ 20 milhões.

Rozallah Santoro, escolhido para ocupar o cargo de diretor financeiro da próxima gestão, admitiu o risco de uma punição: “Existe, sim, a preocupação. A dívida do Fausto Vera de alguma forma está planejada no fluxo, mas não é a única. O curto prazo é o maior problema por causa de bloqueio de conta, penhora, transfer ban”.

O novo dirigente do Corinthians ainda concluiu: “Se olhar na ponta do lápis, temos algo em torno de R$ 350 ou R$ 400 milhões que são o grande problema do Corinthians. Contas que vencem até o meio do ano. É difícil, não é terra arrasada. Dá para fazer, mas é difícil”.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Corinthians tem a segunda maior dívida do país

Com mais uma dor de cabeça financeira para resolver, o Corinthians tem vida econômica complicada. Em recente ranking divulgado pelas consultorias Galapagos e OutField, o Alvinegro aparece na segunda posição entre os clubes mais endividados do Brasil.

Com R$ 1,029 bilhões em valores em aberto, o clube paulista só é superado pelo Atlético-MG, dono de uma dívida de R$ 1,498 bilhões. Cruzeiro, com R$ 800 milhões, Vasco, com R$ 715 milhões, e São Paulo, com R$ 698 milhões, completam o Top 5.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.