FIFA confirma erro e o Brasil poderia perder um troféu da Copa do Mundo

O Brasil é conhecido pelo seu enorme talento no futebol, sendo a única seleção a ser pentacampeã do mundo (1958, 1962, 1970, 1994 e 2002). Apesar disso, uma das conquistas da Seleção Brasileira foi alvo de muitas críticas após declaração surpreendente da Fifa.

A maior entidade do futebol mundial confirmou que o Brasil contou com um erro durante a Copa do Mundo de 2022. Na partida contra a Bélgica, pelas oitavas de final do torneio, a Amarelinha venceu por 2 a 0 e se classificou à fase seguinte. Todavia, o duelo foi “manchado” por um erro.

A FIFA confirmou que a arbitragem errou na partida ao anular o gol marcado por Marc Wilmots, que era o capitão dos belgas na época. Por sinal, o tento foi marcado antes de Rivaldo abrir o placar, situação que aumentou ainda mais a polêmica. O  ex-jogador confirmou que o próprio árbitro reconheceu seu erro.

 “Mas aí já era tarde. Fiquei satisfeito porque ele foi sincero e lamentou o erro. Assim é o futebol, agora não adianta reclamar. Mas que é chato sair dessa forma é. Em nenhum momento, fizemos insinuação alguma, porque não acredito nisso. Ele [juiz” errou, pois todos nós erramos. Só lamento que tenha sido contra a Bélgica”, disse Marc Wilmots.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Na ocasião, os belgas cruzaram na área brasileira e Marc só teve o trabalho de cabecear para o fundo do gol. Quase que instantaneamente,  o árbitro jamaicano Peter Prendergast deu falta em cima do zagueiro Roque Júnior.

Nos Mundiais seguintes, o Brasil foi eliminado pela França (quartas de final, em 2006), Holanda (quartas de final, em 2010), Alemanha (semifinal, em 2014), Bélgica (quartas de final, em 2018) e Croácia (quartas de final, em 2022).

Agora, sob o novo comando de Dorival Júnior, o Brasil visa encerrar o jejum e conquistar o hexacampeonato mundial em 2026. A Copa do Mundo será disputada nos Estados Unidos, México e Canadá.