FIFA bane jogador do futebol e acaba sendo driblada

Depois de receber uma punição da Fifa após escândalo de apostas no futebol, Gabriel Tota, ex-meia do Ypiranga, hoje brilha pelo futebol amador em Minas Gerais. Com apenas 21 anos , ele é um dos destaques do Campeonato Regional de Patos.

Ele é mais dos jogadores que estão sendo investigados por participação de esquemas ilegais de manipulação de resultados para ganhos em casas de apostas, a chamada Operação Penalidade Máxima. 

Após a sentença oficial, Tota defende o Paranaíba, de Carmo de Paranaíba (Minas Gerais), desde o final de agosto deste ano. Foi contratado para a disputa do torneio regional citado anteriormente.

Como esperado de um atleta profissional de futebol, ele vem sendo um dos melhores jogadores do time, e liderou a equipe rumo a semifinal do torneio. Através das redes sociais, ele divulga seus gols, com a esperança de voltar a atuar em um clube profissional.

Depois da confirmação da Fifa, divulgada na última segunda-feira (11), Tota, triste, compartilhou uma mensagem também em suas redes sociais, se mostrando contra a decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“A decisão do STJD me doeu demais. Todo ser humano erra, só não podemos persistir no erro e todos devem ter a sua segunda chance. Todo erro tem sua consequência e eu vou ter que arcar com ele, no qual já venho sendo bastante prejudicado e estou sofrendo todas as punições possíveis. Espero e tenho fé que eu vou ter minha segunda chance no futebol e vou dar a volta por cima”, disse.

Gabriel Tota nunca mais poderá jogar profissionalmente

Tota teve uma participação muito grande nos esquemas ilegais de apostas quando estava no Juventude. O jogador ainda teria influenciado outros companheiros para se juntar e levar mais dinheiro para os cofres. Ele foi banido de jogar futebol profissionalmente para sempre.