Ficamos abismados com o salário de Michael na Arábia

Com a janela de transferências de julho se passando cada vez mais, os clubes já começam a observar jogadores no mercado da bola. Um dos nomes que está sendo mais comentados é do atacante Michael, que defende as cores do Al-Hilal, da Arábia Saudita, mesma equipe de Neymar, e do técnico Jorge Jesus.

O jogador tem contrato até janeiro do ano que vem, ou seja, pode assinar um pré-acordo com qualquer equipe a partir de agosto, sendo contratado a custo zero. Sua renovação não está definida até o momento, já que segundo informações divulgadas pelo jornalista Jorge Nicola, o clube saudita pode acabar abrindo mão do brasileiro para abrir vaga para outros estrangeiros de mais nome.

“Existe uma predisposição do time saudita em abrir mão do Michael para contratar jogadores de nome. A ideia do futebol saudita é dar visibilidade à  competição local, por isso tem a necessidade de contratações de peso, como Casemiro, do Manchester United, e Ederson, do Manchester City”, disse, em vídeo divulgado em seu canal no Youtube.

Michael está na mira de dois clubes brasileiros

A situação atual de Michael atrai interesse de alguns clubes brasileiros, que podem acabar entrando em contato com o atleta caso ele realmente não renove seu vínculo. Contudo, o processo de convencer o atleta e voltar ao Brasil não será fácil, já que ele recebe um salário astronômico na Arábia Saudita.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Chances de voltar para o Brasil. Flamengo e Cruzeiro são os maiores interessados. Para voltar,  vai precisar abrir mão de bastante dinheiro, já que ele teve direito a três aumentos salariais desde que foi contratado. Hoje fatura na casa dos R$ 2,5 milhões mensais”, concluiu o jornalista.