Fernando Diniz não mede palavras sobre saída da Seleção Brasileira

Voltando de férias na noite desta quinta-feira (01), o técnico Fernando Diniz comandou o Fluminense pela primeira vez no ano com uma boa vitória por 4 a 1 sobre o Bangu e a confirmação da liderança isolada do Campeonato Carioca. Após o embate, um assunto, é claro, foi tema recorrente na entrevista coletiva: Seleção Brasileira.

Dono de boa passagem pelo São Paulo entre 2019 e 2021, Diniz foi o escolhido pela CBF para ser o treinador interino da Seleção até a susposta chegada do italiano Carlo Ancelotti no meio deste ano. O europeu, porém, renovou seu contrato com o Real Madrid e, sem uma opção viável, a CBF optou pela contratação de Dorival Jr.

Demitido às pressas, Diniz enfim falou sobre a situação e admitiu ter ficado chateado: “Queria que tivesse sido diferente. Mas são águas passadas. Temos que tocar a vida em frente. Tenho muita clareza daquilo que fiz para a Seleção Brasileira e o meu contato com os jogadores e a Seleção está em boas mãos agora”.

Ao todo, o ex-técnico do São Paulo acumulou apenas seis jogos à frente da Canarinho, com duas vitórias, um empate e três derrotas. Diniz deixou o cargo com a Seleção ocupando a sexta colocação das Eliminatórias Sul-Americanas, atrás de Argentina, Uruguai, Colômbia, Venezuela e Equador.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Relembre os jogos de Fernando Diniz pela Seleção

  • 08/09/23 – Brasil 5 x 1 Bolívia – Mangueirão
  • 12/09/23 – Peru 0 x 1 Brasil – Nacional do Peru
  • 12/10/23 – Brasil 1 x 1 Venezuela – Arena Pantanal
  • 17/10/23 – Uruguai 2 x 0 Brasil – Centenário
  • 16/11/23 – Colômbia 2 x 1 Brasil – Roberto Melendez
  • 21/11/23 – Brasil 0 x 1 Argentina – Maracanã

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.