Federação Paulista de Futebol decidiu punir Cotia

Responsável pela organização do principal campeonato estadual do país, a Federação Paulista de Futebol (FPF) acumula algumas polêmicas desde sua fundação em 22 de abril de 1941. Uma delas aconteceu durante a temporada de 2015, quando a entidade puniu severamente o Cotia Futebol Clube na Série A3 do Paulistão.

Na ocasião, o time da Grande São Paulo causou dois W.O. durante a competição e acabou excluído do torneio, ação passível no Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). A equipe perdeu duas partidas sem sequer entrar em campo e rendeu pontuações para Sertãozinho, logo na primeira rodada, e Taubaté.

Expulso por unanimidade na FPF, o Cotia causou a classificação automática da Inter de Limeira para a segunda fase sem o time do interior sequer jogar. No fim, o time acabaria rebaixado para a chamada Segunda Divisão ao lado de Tupã, Santacruzense e Francana, livrando o Rio Preto da queda, dono de um ponto a menos.

Na segunda fase, Votuporanguense, vice-campeão, e Taubaté, vencedor do torneio pela segunda vez em sua história, garantiriam o acesso para a Série A2 do Paulistão. Atualmente, o Cotia permanece afiliado à Federação Paulista, mas não possui divisão dentro do estadual.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.