Ex-zagueiro do São Paulo é “convocado” pra seleção italiana

Com passagem pela base do São Paulo, o zagueiro Bremer vem dando o que falar. Depois de ótimas temporadas no Torino, da Itália, se transferiu para a Juventus, principal rival. É um dos destaques absolutos da Velha Senhora, o que lhe rendeu convocações recentes para a Seleção Brasileira.

De contrato renovado até 2028, Bremer vem sendo o grande pila defensivo da Juve. Por sinal, foi escolhido para a seleção do primeiro turno do Campeonato Italiano. Além dele, os brasileiros Danilo, que também joga na Juventus, e Arthur, da Fiorentina, também foram incluídos no time.

Confira a equipe completa: M. Di Gregorio (Monza), Danilo (Juventus), Acerbi (Inter), Bremer (Juventus) e F. Di Marco (Inter); Arthur (Fiorentina), H. Çalhanoglu (Inter), A. Gudmundsson (Genoa), C. Pulisic (Milan), M. Soulé (Frosinone) e Lautaro Martínez (Inter).

 ”Eu sou um cara que não foco muito nos meus números individuais e tento sempre pensar no desempenho coletivo, mas é claro que ser apontado como um dos melhores atletas do primeiro turno do Italiano é algo que me deixa feliz. É sinal de que o meu trabalho está sendo bem feito e que as pessoas estão acompanhando e valorizando. Além do mais, a nossa competição está repleta de defensores de altíssimo nível e é complicado permanecer entre os melhores”, disse o defensor.

Bremer desembarcou na Itália em 2018 para jogar pelo Torino, e desde então, marcou presença na seleção oficial da Série A da Itália em duas ocasiões: em 2021/22, ainda pelo Torino, e 2022/23, já pelo rival da cidade.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Com papel fundamental de Bremer, Juventus segue em busca do 37° título

Bremer segue fazendo seu nome na Europa e se tornou um dos melhores zagueiros em solo italiano. Por sinal, sorte da Seleção brasileira que o convocou antes da Itália, que certamente gostaria de contar com um defensor desse calibre como titular.

”Quando eu saí do Brasil e vim para a Itália, sabia que seria extremamente difícil, mas também tinha a consciência de que estaria atuando em uma das competições mais fortes da Europa e em um país onde o sistema defensivo é muito destacado. Para evoluir aqui, precisei manter a cabeça no lugar e focar no extracampo. Tenho uma equipe multidisciplinar e treino duro todos os dias”, comentou Bremer.

Atualmente, a Juventus está na vice-liderança do Campeonato Italiano e segue mais viva do que nunca na briga pelo título. Possui 19 jogos e 46 pontos conquistados, dois atrás da Inter de Milão. Sofreu somente 12 gols neste período, e a última derrota foi em 23 de setembro de 2023.