Ex-São Paulo tem GRAVE lesão confirmada e não joga mais em 2023

A temporada no futebol europeu está apenas começando, mas graves lesões vem preocupando os torcedores. Nesta semana o goleiro Courtois, um dos grandes nomes do Real Madrid sofreu uma grave lesão durante um treinamento. E neste sábado (12), mais um badalado jogador, que já atuou pelo São Paulo também se machucou com gravidade.

O zagueiro Éder Militão, se lesionou durante a primeira rodada do Campeonato Espanhol, o defensor do Real Madrid sofreu uma lesão na partida contra Athletic Bilbao, vencida pelos merengues por 2 a 0. Militão saiu de campo chorando após torcer o joelho e foi substituído por Rudiger aos 5 minutos da segunda etapa.

Após a lesão, o Real Madrid comunicou que conduziu o atleta para uma bateria de exames, resultando no diagnóstico de uma ruptura do ligamento cruzado anterior no joelho esquerdo do jogador. O zagueiro da seleção brasileira será submetido a uma intervenção cirúrgica nos próximos dias. E não joga mais em 2023.

Relembre a passagem de Éder Militão pelo São Paulo

Dos 13 aos 20 anos, Militão defendeu as cores do São Paulo, jogando desde as categorias de base até o elenco principal. Nesse período, ele participou de 57 jogos e marcou quatro gols. Apesar de não ter garantido títulos, ele chamou atenção por seu bom desempenho durante o Brasileirão de 2017.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Além disso, ganhou destaque por ter sido introduzido no cenário profissional pelo então técnico Rogério Ceni. Após divergências no processo de renovação contratual, o jogador, que exerceu papéis em três posições distintas (lateral, zagueiro e volante) no tricolor, foi transferido para o Porto em 2017, em uma negociação avaliada em 4 milhões de euros (equivalente a R$ 18 milhões, na cotação daquela época).