Ex-São Paulo não tem dó e alfineta Rogério Ceni

Após um ano e meio no comando do São Paulo, Rogério Ceni foi demitido há pouco mais de um mês do cargo de treinador do clube. Como seu sucessor, o presidente Julio Casares foi rápido e anunciou a chegada de Dorival Júnior, que havia feito o melhor trabalho de sua carreira em 2022, sendo campeão da Libertadores e da Copa do Brasil dirigindo o Flamengo.

Depois de pouco tempo com o novo comandante, existe uma mudança nítida no Tricolor, e os resultados positivos começaram a aparecer. Além disso, o clima no Morumbi aparenta estar mais leve.

Em entrevista ao canal Benja Me Mucho, do apresentador Benjamin Back, o ex-lateral-direito Cicinho e ídolo do São Paulo falou sobre a situação atual do time, que não sabe o que é perder há 11 jogos.

Na opinião de Cicinho, o problema do time era Rogério Ceni, que não estava conseguindo fazer o time render o esperado. Vale lembrar que ambos eram companheiros de equipe quando o Tricolor conquistou a Libertadores e o Mundial de Clubes em 2005.

“Pelo que estamos analisando hoje, o problema era o Rogério. É nítido. Até eu não acreditava que o Dorival conseguiria reverter toda essa situação no São Paulo. Acreditava que o São Paulo ia enfrentar muita dificuldade, ainda vai enfrentar, mas enche o torcedor de esperança”, opinou.

“Você vê o Dorival chegando e mudando toda a cara do time, vê que o Rogério tinha perdido todo o vestiário”, afirmou Cicinho, que atualmente trabalha como comentarista no programa “Arena SBT”.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Novos ares com Dorival Júnior

Sob o comando de Dorival, o São Paulo engatou o terceiro lugar no Campeonato Brasileiro, e possui 15 pontos em oito rodadas. São quatro vitórias, três empates e uma derrota. Vale lembrar que o revés diante do Botafogo, na primeira rodada,  ainda tinha Rogério Ceni como treinador.

O Soberano também é líder isolado de seu grupo na Copa Sul-Americana, com 10 pontos, três de vantagem para o Tigre (Argentina), que está em segundo, e cinco do Tolima (Colômbia), terceiro.

Em meio a isso, o Tricolor está a um passo de confirmar a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. No duelo de ida das oitavas bateu o Sport por 2 a 0, na Ilha do Retiro, em Recife. A volta ocorre nesta quinta-feira (1), às 19h30, no Morumbi.