Ex-São Paulo concorre para ser eleito o melhor goleiro do mundo

Pouca gente sabe, mas o goleiro Ederson, natural de Osasco, município brasileiro localizado na Região Metropolitana de São Paulo, contou com uma rápida passagem pelas divisões de base do Tricolor Paulista entre 2008 e 2009. Dispensado por telefone à época, o jogador construiu uma carreira e tanto no futebol europeu.

Logo após a dispensa, Ederson se juntou ao Benfica e acumulou bons números em Portugal antes de ser contratado pelo multimilionário Manchester City, da Inglaterra, por 40 milhões de euros, a segunda maior quantia já paga por um goleiro na história do futebol. Somente o italiano Gianluigi Buffon supera a marca.

Longe do São Paulo, o arqueiro tornou-se peça imprescindível ao sucesso do City. Na última temporada, por exemplo, Ederson foi um dos grandes nomes nas conquistas do Campeonato Inglês e da Liga dos Campeões da Europa, título inédito para o clube inglês. Seu ótimo desempenho na temporada 2022/23 pode render um prêmio e tanto.

Ao lado de outros nove goleiros, o jogador de 30 anos foi um dos indicados pela revista France Football ao Troféu Yashin, que definirá o melhor da posição em 2023. A tradicional cerimônia será realizada no dia 30 de outubro e premiará os melhores jogadores do ano.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Confira os indicados ao Troféu Yashin de melhor goleiro

  • Yassine Bounou (Marrocos) – Al-Hilal
  • Thibaut Courtois (Bélgica) – Real Madrid
  • Mike Maignan (França) – Milan
  • Marc-André ter Stegen (Alemanha) – Barcelona
  • Ederson (Brasil) – Manchester City
  • Emiliano Martinez (Argentina) – Aston Villa
  • Andre Onana (Camarões) – Manchester United
  • Aaron Ramsdale (Inglaterra) – Arsenal
  • Dominik Livaković (Croácia) – Fenerbahçe
  • Brice Samba (França) – Lens

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.