Ex-camisa 10 do São Paulo cria empresa de R$ 196 milhões

Ex-jogador do São Paulo e antigo dono da camisa 10, Fábio Mello esteve presente no Allianz Parque no último domingo (7), na final do Campeonato Paulista disputada entre Palmeiras e Santos. O empresário esteve no estádio do rival para acompanhar o lateral Mayke, que é um de seus clientes na nova fase de sua vida.

O ex-meia fundou a FMS, empresa que gerencia a carreira de 40 jogadores, por sinal, está avaliada entre as 20 maiores do Brasil, com o valor estimado de 36 milhões de euros, cerca de R$ 196 milhões na cotação atual. 

“Mesmo agências bilionárias ainda são muito concentradas na figura de seus fundadores. Quero levar uma estrutura empresarial para esse mercado, criando uma empresa verdadeiramente global. Existem os multi-clubes, com presença em vários países, e vejo um caminho para as multi-agências. É um passo para mim especialmente importante porque este mercado não tem muitos ex-jogadores como protagonistas”, disse, em entrevista à Exame.

A FMS agora está procurando por um novo sócio, visando aumentar seus negócios tanto no tamo quanto na atuação em outras áreas como o próprio marketing, construindo uma relação mais próxima com os patinadores dos jogadores.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Gosto de trabalhos de longo prazo, de sustentar relações ao longo de minha carreira, e gosto de qualificar pessoas.O futebol vai ocupar um espaço cada vez maior no futebol brasileiro. E haverá uma grande lacuna de profissionais capacitados. 

O ex-jogador enxerga o ramo empresarial como uma nova de sua vida. Primeiro, deixou sua carreira no futebol, ganhando destaque no São Paulo. Acabou se aposentando com 30 anos de idade, e atualmente está prestes a lançar um livro chamado “Jogando de Terno”.