Árbitro confirma que o São Paulo foi prejudicado contra o Flamengo

O clássico entre Flamengo e São Paulo movimentou a 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. Mesmo com um time alternativo, o Tricolor Paulista apresentou uma boa atuação e se mostrou melhor que o Rubro-Negro carioca durante a maior parte do tempo. Até que um lance para lá de polêmico roubou a cena já no final da partida.

Aos 47 minutos do segundo tempo, quando o placar marcava 1 a 0 para o São Paulo, com gol marcado por Lucas Moura ainda na primeira etapa, o árbitro Rafael Rodrigo Klein viu pênalti de Michel Araújo em Luiz Araújo após uma dividida na grande área são-paulina. Sem voltar atrás na marcação, o juiz deu a chance do empate ao Flamengo.

Depois de muita reclamação de jogadores do São Paulo, o atacante Pedro foi para a cobrança e converteu a penalidade ao bater no canto esquerdo do goleiro Jandrei. A infração, no entanto, dividiu opiniões no noticiário esportivo. Um dos que não concordaram com a marcação foi o também árbitro Guilherme Ceretta de Lima.

“Se isso é pênalti, vou parar de apitar futebol. É um absurdo. Não foi nada. Nem se fosse fora da área eu marcaria infração. Infelizmente, um pênalti desse ajuda a ofuscar a péssima atuação de uma equipe. O lance do impedimento também é absurdo”, afirmou o juiz ao UOL Esporte.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Técnico do São Paulo evitou falar sobre pênalti

Indagado por jornalistas sobre a penalidade assinalada por Rafael Rodrigo Klein, o técnico Dorival Jr. evitou entrar em polêmica em entrevista coletiva nos vestiários do Maracanã. Na opinião do treinador, o que mais lhe incomoda na arbitragem é a forma como os juízes tem conduzido as partidas do São Paulo no Brasileirão.

“O pênalti não vou falar, porque infelizmente temos deixado muitos pontos ao longo da competição, e talvez nem seja o pênalti o fator principal, mas a condução, que para mim é o que vem acontecendo e prejudicando o que a equipe vem produzindo”, afirmou.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.