Everton Ribeiro encaminha saída do Flamengo e São Paulo fica mais perto

Craque do Flamengo, o meia Everton Ribeiro continua com futuro indefinido, e pode estar a caminho de outros clubes brasileiros. Isto porque ele possui contrato válido até o final desta temporada, e poderá deixar o rubro-negro a custo zero.

Ele já pode assinar um pré-acordo com qualquer interessado, se apresentando no começo de janeiro da temporada que vem. Sua prioridade é ficar no Flamengo, mas a decisão depende da diretoria carioca.

De acordo com o jornalista Jorge Nicola, Everton Ribeiro está cada vez mais próximo de uma saída do clube. Ao contrário de outros atletas como Bruno Henrique e Fabrício Bruno, ele não foi procurado pela cúpula flamenguista para discutir uma possível renovação de contrato.

“O meia atacante está mais perto de deixar o Flamengo do que ficar no clube para o próximo ano. O motivo: o Flamengo não tem demonstrado intenção de renovar o contrato com o jogador”, iniicou Nicola.

“Nos últimos dias, Bruno Henrique foi procurado para tratar de uma renovação. Também houve um contato com o Fabrício Bruno para estender o vínculo e aumentar o tempo de contrato e o salário do zagueiro. Mas até nesse momento, ninguém procurou Everton Ribeiro para uma renovação, o colocando na mesma situação de Filipe Luís e Rodrigo Caio, que já está descartado”, disse o jornalista.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Caso não renove com o Flamengo, Everton Ribeiro pode se reunir com Dorival Júnior

Everton Ribeiro recebe cerca de R$ 1,5 milhão por mês, e é um dos atletas mais bem pagos do elenco atual. Todavia, não é titular há cinco partidas, aumentando os rumores de que Jorge Sampaoli não conta com ele para 2024.

Ainda não e um caso definido, já que assim como Filipe Luis, existe a chance de renovar. Contudo, dependerá de seu desempenho dentro de campo, além de uma redução salarial. De acordo com Nicola, São Paulo, Corinthians e Cruzeiro estão de olho no atleta.

O Tricolor espera convencê-lo por conta de Dorival Júnior, já que ambos trabalharam juntos no Flamengo em 2022, vencendo a Libertadores e Copa do Brasil.