Europeus chegam com grana e São Paulo pode perder 2° lateral em poucos dias

De olho em reforços para o elenco comandado pelo técnico Dorival Jr., o São Paulo teve uma dor de cabeça para lá de inesperada nos últimos dias e precisará se preocupar com o destino da lateral-esquerda da equipe. Isto porque Caio Paulista, dono de 50 jogos no ano, deve mesmo pular o muro e ser contratado pelo Palmeiras.

Para piorar, o Tricolor ainda deverá ter dificuldade para manter Welington no elenco. Cria de Cotia, o jovem de 22 anos tem contrato válido somente até dezembro do próximo ano e as conversas para uma possível renovação estão estagnadas. Quase negociado com o futebol russo na última janela, o lateral tem sondagens europeias.

Segundo informações do jornalista Eder Traskini, do UOL Esporte, Welington estava mais próximo de deixar o São Paulo do que permanecer. No entanto, a situação envolvendo Caio Paulista, antes considerado peça certa para o elenco são-paulino de 2024, pode mudar o cenário. Mas a permanência não será tão simples.

O receio maior é de que Welington siga o mesmo caminho de nomes como Luizão e Igor Gomes, que deixaram o clube no início deste ano sem render qualquer valor aos cofres do São Paulo. Em julho, o jogador já poderá assinar um pré-contrato com qualquer outro time interessado em contar com seu futebol.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Welington quase deixou o São Paulo em setembro

Voltando a ser pauta quanto a uma possível permanência mo São Paulo, o lateral-esquerdo Welington já esteve bem próximo de dizer adeus ao clube em 2023. Em setembro, o CSKA, da Rússia, só não o contratou por falta de tempo hábil para concluir a transação. Com o negócio melando, o jogador permaneceu no elenco.

Para topar comprá-lo, os russos aceitaram pagar 8 milhões de dólares (cerca de R$ 39 milhões). Welington e seu estafe já tinham até mesmo o acerto das bases salariais em um contrato inicialmente válido até junho de 2028.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.