Essa é a fortuna que cada filho de Abilio Diniz deve receber

Presidente do Conselho de Administração da Península Participações e do Conselho de Administração da BRF, além de ser membro dos Conselhos de Administração do Grupo Carrefour e do Carrefour Brasil, o empresário Abilio Diniz morreu neste domingo (18), aos 87 anos, em São Paulo, vítima de insuficiência respiratória.

Torcedor declarado do São Paulo e amigo pessoal de Julio Casares, atual presidente do clube, Abilio faleceu em função de uma pneumonite. Ao lado do pai, ele construiu o grupo Pão de Açúcar e comandou uma das maiores companhias de alimento do mundo, se tornando um dos empresários mais bem sucedidos do Brasil.

Casares e Alckmin
Julio Casares ao lado do vice-presidente Geraldo Alckmin no velório de Abilio Diniz. Foto: Metrópoles.

Filho de Valentim e Floripes, Abilio Diniz nasceu no bairro do Paraíso, na Zona Sul de São Paulo, em dezembro de 1936. Trabalhando com o pai, ele construiu um império de cerca de US$ 2 bilhões (cerca de R$ 9,92 bilhões na cotação atual) segundo dados da Revista Forbes. Números estes que o garantiram como 21º homem mais rico do país.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Velado na manhã desta segunda-feira (19) no Morumbi, o empresário deixará tal fortuna para a família de seus seis filhos: Ana Maria Diniz, João Paulo Diniz (morto em 2022, vítima de um infarto), Pedro Paulo Diniz, Adriana Diniz, Rafaela Diniz e Miguel Diniz. Cada uma terá direito a incríveis R$ 1,65 bilhão como herança.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.