Especulado no São Paulo, esse é o absurdo salário de Mourinho na Turquia

O nome de José Mourinho chegou a ser especulado no São Paulo após a demissão de Thiago Carpini. Obviamente o salário do português era praticamente impossível de pagar, e logo foi descartada a possibilidade. A diretoria acabou fechando com o argentino Luis Zubeldía.

Sem clube desde a demissão da Roma, Mourinho foi anunciado como novo treinador do Fenerbahçe, um dos principais clubes da Turquia. Por sinal, a equipe divulgou o salário do “Special One”, que alcançará o total de 21 milhões de euros (cerca de R$ 120,0 milhões). O vínculo será válido até o final de 2026, ou seja, o comandante receberá 10,5 milhões de euros (aproximadamente R$ 60,4 milhões) por ano.

Vale destacar que o clube só divulgou os vencimentos de Mourinho por estar listado na bolsa de valores de Istambul, ou seja, ele é obrigado a prestar contas aos acionistas. A informação foi divulgada pelo Globo Esporte. 

O treinador português chegou à Turquia no último final de semana e teve uma recepção digna de suas conquistas ao redor do mundo. Mourinho busca ainda mais troféus para completar a sua vasta galeria, que conta com duas Ligas dos Campeões, além de diversos torneios nacionais e internacionais. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Tenho que alcançar os sonhos da torcida. Se a fizer feliz, sou especial. É simples assim. Não gosto de anos sabáticos, férias, clubes sem ambição. Para ser especial, precisa fazer algo especial, para os fãs. É dar felicidade, e isso é ganhar jogos. Se ganhar mais que os adversários, você conquista títulos. Essa é minha ambição e meu sonho”, disse o treinador, em entrevista coletiva de apresentação.

Será o primeiro clube de Mourinho desde janeiro, quando deixou o comando da Roma. Ele já acumula passagens pelo Benfica, União Leiria e Porto, todos de Portugal, Chelsea, Manchester United e Tottenham, da Inglaterra, Inter de Milão e Roma, da Itália, e Real Madrid, da Espanha.