Éder está empilhando taças desde que deixou o SPFC

Depois de passagem pelo futebol italiano e chinês, Éder aceitou retornar ao Brasil para vestir a camisa do São Paulo, ainda no início de 2021. Apesar de ter conquistado o Campeonato Paulista daquele ano, sua passagem foi um tanto quanto apagada no Tricolor do Morumbi.

Não conseguiu garantir a titularidade nem sob o comando de Hernán Crespo e nem com Rogério Ceni, apesar de ter participado das finais do Paulistão e da Copa Sul-Americana de 2022.  Era um dos atletas mais criticados pela torcida, muito por conta de seu alto salário e pouca produção dentro de campo (em questão de participações em gols). Acabou deixando o SPFC no final de 2022, costurando um acordo para receber valores atrasados ao longo dos anos.

Éder se tornou peça principal do Criciúma

O atacante realizou seu sonho e retornou ao Criciúma, clube em que foi revelado, e diminuiu seus ganhos mensais para se adequar a realidade do time. Por sinal, foi fundamental na campanha do acesso à primeira divisão. Em 26 partidas disputadas, marcou nove gols e duas assistências. Vale lembrar que antes mesmo de subir a elite do futebol brasileiro, ele foi campeão catarinense com o Tigre. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

E na noite desta terça-feira (16), Éder conquistou mais uma taça pelo Criciúma, que venceu o Marcílio Dias por 2 a 0 pela Recopa Catarinense de 2024. O grande destaque da partida não poderia ser outra pessoa. Sim, o atacante ex-SPFC anotou um gol e distribuiu outra assistência para levar a torcida à loucura e iniciar o ano de 2024 da melhor forma possível para o time.