É oficial: Carlinhos Brown vai ficar no lugar de Daniel Alves

Preso desde 20 de janeiro em Barcelona, na Espanha, o ex-lateral Daniel Alves voltou a sofrer mais uma dura derrota em sua vida pessoal. Desta vez dentro do governo brasileiro. Escolhido como um dos embaixadores do Turismo brasileiro pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), o jogador foi cortado pelo governo Lula (PT).

Com o novo presidente revogando 15 indicações de seu antecessor, Daniel Alves se juntou ao também ex-jogador Ronaldinho Gaúcho na lista de nomes que foram excluídos do projeto. Na última segunda-feira (20), a Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur) anunciou novidades sobre o programa.

E um novo embaixador já foi escolhido: o cantor baiano Carlinhos Brown, de 60 anos. Conhecido por seu envolvimento em projetos de grande sucesso como a Timbalada, Brown recebeu o diploma da Embratur na última sexta-feira (24).

“Nosso Cacique do Candeal projeta o Brasil para o mundo com sua arte inventiva e marcada pela exaltação da cultura afrobrasileira. Brown representa o que o Brasil tem de melhor, nosso povo, nossa diversidade e nossa felicidade”, afirmou a agência.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O programa “Embaixador Honorífico do Turismo Brasileiro” completou 36 anos e foi criado para ajudar na promoção internacional do turismo do país, por meio da divulgação de “produtos, serviços e destinos turísticos brasileiros”. O primeiro embaixador foi o ex-jogador de futebol Pelé, ídolo do Santos e da Seleção Brasileira.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.