Dorival se posiciona sobre a chegada de Marinho ao São Paulo

Apesar do interesse noticiado do São Paulo em contratar o atacante Marinho, do Flamengo, o técnico Dorival Júnior prefere deixar o assunto com a diretoria. Em entrevista coletiva após a classificação contra o Sport, nesta quinta-feira (1), o treinador não quis falar do assunto.

Quando questionado acerca do status da negociação, Dorival disse que “não fica insistindo” com a diretoria do clube para realizar tais contratações.

“Primeiro. Eu só vou falar se o jogador estiver aqui dentro. Quando for contratado. Segundo, não fico insistindo, pedindo nada. Tenho sempre na minha cabeça que meu trabalho é valorizar os que aqui estão. Jamais vou sair jogando qualquer coisa que não seja de minha responsabilidade”,disse o treinador.

De acordo com informações divulgadas pelo Superesportes, Dorival deu sinal verde para o Tricolor negociar com o jogador, que foi seu comandado em 2022, quando treinou o Flamengo, vencendo a Libertadores da América e a Copa do Brasil.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Marinho possui as características pedidas por Dorival, que considera que o SPFC não tem um jogador no elenco que seja velocista, driblador e para o mano a mano. Por sinal, era um pedido também de seu antecessor, Rogério Ceni.

Como estão as negociações entre São Paulo e Marinho?

Apesar do otimismo inicial, as conversas deram uma travada nos últimos dias. O clube carioca afastou o jogador, e já o liberou para negociar com outros clubes.

Mesmo querendo uma mudança ao Morumbi, Marinho pede um salário muito alto para a realidade financeira atual do Tricolor. Por sinal, ele ganha mais do que qualquer jogador do plantel são-paulino.

Em meio a isso, o SPFC tenta convencê-lo a baixar a sua pedida para finalmente poderem chegar em um acordo comum. Ele possui vínculo com o Flamengo somente até dezembro deste ano.