Dorival Júnior se junta a lista seleta de treinadores da Copa do Brasil

Neste domingo (24), o São Paulo segurou o empate em 1 a 1 contra o Flamengo, no Morumbi, e se sagrou campeão da Copa do Brasil pela primeira vez em toda a sua história. Era o único título que faltava na galeria de troféus do Tricolor. Até por isso, o próprio marketing do SPFC adotou a alcunha de “campeão de tudo”.

Se por um lado foi o primeiro título da Copa do Brasil para o Tricolor, foi o terceiro para Dorival Júnior e o segundo consecutivo, já que em 2022, levantou o troféu sob o comando do Flamengo.

Agora, o treinador são-paulino alcançou uma marca de Mano Menezes, que conquistou a competição nacional em 2017 e 2018, quando trabalhava no Cruzeiro. Diferente do companheiro de profissão, Dorival atingiu o feito por dois clubes diferentes.

Anteriormente, o técnico havia vencido a Copa do Brasil comandando o Santos, em 2010. Na ocasião, a equipe era recheada de astros como Neymar, Paulo Henrique Ganso e Robinho. Também alcançou a final em 2015 com o Alvinegro, perdendo nos pênaltis para o Palmeiras.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Depois de entrar na história do São Paulo, Dorival é o segundo treinador com mais títulos da Copa do Brasil, empatado com Mano Menezes, com três. O líder no levantamento é Felipão, que possui quatro troféus do torneio. Venceu com o Criciúma, Grêmio e Palmeiras (duas vezes).

Dorival Júnior parte para título inédito em sua carreira

Apesar dos inúmeros títulos conquistados em sua carreira, Dorival Júnior jamais conquistou um Campeonato Brasileiro. Ele pode dar fim no jejum na próxima temporada, levantando o primeiro Brasileirão do São Paulo desde o histórico tricampeonato em 20006, 2007 e 2008.